Seja bem vindo ao nosso site SISTEMA HORIZONTE DE COMUNICAÇÃO LTDA!

Buscar  
WhatsApp 81 3621.1566
Hora Certa

Peça sua Música

Pedir

William

Carpina

Dilsinho refém ...

William

Carpina

Ezo rabelo meio caminho andado...

sara vasconcellos

recife-pe

Insano-Brunno Carvalho...

maria luiza dias

recife

barreiras-brunno carvalho...

otavia guimaraes

olinda-pe

lembro-brunno carvalho...

Pedro Ximenes

Recife

Cê Sabe - Nanda Queiroz...

Mural

Enviar mensagem

William

[22/7 10:00] William: Bom dia querida tenha uma ótima semana muita p...

Jenner Azevedo

Muito feliz em fazer parte dessa equipe entusiasmada e competente. Agrade&c...

Humberto Marques

Parabéns pelo site. Está muito show. Não paro de acess...

Fabricio Nunes

Toda equipe do site está de parabéns pelo belo trabalho, cont...

Sandro

Parabéns a Toda Equipe do Site! Agora é noticia em tempo real...

Bento Junior

Parabéns Sucesso!!! Voces estao de parabéns pela iniciativa...

Tamiris

vcs estao de parabéns!! adorei o novo site estar masa pricipalmente ...

Publicidade Lateral
sos crédito
Casas Bahia
Pitú
d+asas
LAB ATENDE
auto escola sigabem
Anuncio do site SISTEMA HORIZONTE DE COMUNICAÇÃO LTDA
CHAT ONLINE

Digite seu NOME:

Fan Page
Estatísticas

Visitas: 412212

Usuários Online: 3

Brasil

Grávida de feto com má-formação na coluna precisa arrecadar R$ 154 mil para cirurgia

Fisioterapeuta Gizely da Rocha, de 31 anos, abriu campanha para receber doações. Bebê tem mielomeningocele e pode sofrer problemas neurológicos; saiba como ajudar.

Publicada em 06/03/20 às 22:07h - 131 visualizações SISTEMA HORIZONTE DE COMUNICAÇÃO LTDA

Link da Notícia:
Compartilhe
   

Grávida de feto com má-formação na coluna precisa arrecadar R$ 154 mil para cirurgia
Fisioterapeuta Gizely da Rocha está grávida de Maria Luísa, que tem mielomeningocele  (Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco)
Ao sofrer um leve acidente de carro no início do mês passado, a fisioterapeuta Gizely da Rocha, de 31 anos, àquela altura grávida de quatro meses, não imaginava que aquilo a ajudaria a ganhar tempo para tentar reverter ou minimizar os efeitos de uma deficiência no feto que ainda não tinha sido diagnosticada.

Dias após a batida, enquanto fazia uma ultrassonografia, foi descoberta uma má-formação na coluna vertebral da bebê, que se chamará Maria Luísa. O problema deve ser tratado com cirurgia, mas a operação custa R$ 154 mil. Sem condições de pagar, os pais abriram a vaquinha virtual "Todos por Malu" para arrecadar o dinheiro.

A menina tem mielomeningocele, uma deficiência que faz a coluna não se fechar por completo, deixando uma abertura na parte de baixo da medula espinhal. Além disso, a criança poderá ter problemas neurológicos, como dificuldade para controlar a bexiga e o intestino e no caminhar. “Eu fiz a ultrassom, que é de rotina, nos primeiros meses, deu tudo normal. Mas que essa má-formação geralmente só aparece depois de 17 semanas [de gestação]. Eu estava com quase 18. Quando ela [a médica] falou isso, a gente ficou em choque”, lembra a mãe.

A cirurgia pode ser feita antes ou depois do nascimento. No entanto, quanto mais cedo a operação for realizada, maiores são as chances de diminuir os impactos neurológicos. Para isso, há duas opções de método cirúrgico. A primeira delas, conhecida como “a céu aberto”, consiste em abrir o ventre da mãe e retirar o útero com o feto, que passa pela correção e, em seguida, é devolvido para dentro da barriga.

A segunda, chamada de fetoscopia, é menos invasiva, abrindo cinco furos por onde a cirurgia é feita “de fora” com a ajuda de uma câmera. “As chances de ela ter e problemas no andar e na bexiga e hidrocefalia (acúmulo de água na cabeça) caem quase 65%. E eu tenho um mioma (tumor benigno) no útero, então os médicos descartam a de céu aberto”, diz Gizely.

Custos
A fetoscopia é realizada apenas em um hospital particular de São Paulo. Dos R$ 154 mil do custo total, R$ 54 mil são para a internação na unidade de saúde e R$ 100 mil para a equipe médica. O plano de saúde não cobre o procedimento. Gizely e o marido, o vendedor Michael David Marinho, 35, entraram na Justiça para ter direito ao financiamento, mas, sem uma decisão judicial, o casal corre contra o tempo.
“Os benefícios da cirurgia são garantidos até as 27 semanas. Depois, é melhor esperar ela nascer, então a gente está correndo. A cirurgia está marcada para 1º de abril. A gente teria que ir no dia 29 de março”, informou a grávida de 23 semanas.

Para pagar a caução do procedimento, será necessário juntar, pelo menos, R$ 75 mil. Até o momento, a campanha arrecadou pouco mais de R$ 40 mil. Para encontrar doadores, o casal criou, ainda, uma conta no Instagram (@todos.pormalu). Além da vaquinha, também é possível ajudar fazendo um depósito na conta-poupança 12744-2, agência 2889-4, Banco do Brasil, no CPF 042.894.524-42. Os interessados em ajudar também podem entrar em contato através do telefone da fisioterapeuta Gizely: 81.99874-3558.

Fonte: Folha de Pernambuco



ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Parceiros
Parceiro 03Parceiro do SISTEMA HORIZONTE DE COMUNICAÇÃO LTDA

Copyright (c) 2022 - SISTEMA HORIZONTE DE COMUNICAÇÃO LTDA - Todos os direitos reservados
Converse conosco pelo Whatsapp!
site, tv, videos, video, radio online, radio, radio ao vivo, internet radio, webradio, online radio, ao vivo, musica, shows, top 10, music, entretenimento, lazer, áudio, rádio, música, promocoes, canais, noticias, Streaming, Enquetes, Noticias,mp3,Blog, Eventos, Propaganda, Anuncie, Computador, Diversão e Arte, Internet, Jogos, Rádios e TVs, Tempo e Trânsito, Últimas Notícias, informação, notícia, cultura, entretenimento, lazer, opinião, análise, jogos, Bandas, Banda, Novos Talentos, televisão, arte, som, áudio, rádio, Música, música, Rádio E TV, Propaganda, Entretenimento, Webradio, CD